PLACAS DE CIMENTO PRENSADO CONTENDO BASALTO PARA SISTEMAS CONSTRUTIVOS: CARACTERIZAÇÃO TECNOLÓGICA E TOXICOLÓGICA

BASALT-CONTAINING PRESSED CEMENT PLATES FOR CONSTRUCTION SYSTEMS: TECHNOLOGICAL AND TOXICOLOGICAL CHARACTERIZATION

Autores

  • Kamila Rodrigues da Silva UNESC
  • Franciele Burato Teixeira de Jesus UNESC
  • Jordana Mariot Inocente UNESC
  • Sabrina Arcaro UNESC
  • Fabiano Raupp-Pereira UNESC
  • Oscar Rubem Klegues Montedo UNESC

Palavras-chave:

Cerâmica. Materiais cimentícios. Basalto. Laje. Tecnologia em pó., Keywords: Ceramics. Cementitious materials. Basalt. Slab. Powder technology.

Resumo

Nos últimos anos, as indústrias têm sido cobradas por uma melhor destinação de seus subprodutos. A construção civil no Brasil vem crescendo constantemente de tal forma que se faz necessário o desenvolvimento de novos recursos e a utilização de novos materiais. Assim, para reduzir os impactos ambientais e a redução de custos, a utilização de subprodutos na construção civil desempenha um papel importante. Com base nisso, este trabalho apresenta os resultados experimentais do desenvolvimento de placas à base de material cimentício para o sistema construtivo de laje painel por meio da tecnologia de pó, a fim de reduzir a quantidade de concreto na laje. Para isso, a areia foi parcialmente (58,1% em peso, C3) e totalmente (C1) substituída por pó de basalto, subproduto do processo de beneficiamento da rocha basáltica. As placas cimentícias foram obtidas por prensagem uniaxial em diferentes pressões de compactação. Placas moldadas (M) utilizando areia e cimento foram obtidas como referência. A resistência à flexão aos 28 dias apresentou-se em 2,50 ±0,10 MPa, superior à das placas moldadas (1,94 ±0,11 MPa). Concluiu-se que a prensagem e a substituição da areia por basalto reduziram a expansão linear de 0,059 ±0,003% (M) para 0,042 ±0,007% (C3) reduzindo o risco de fissuração. A avaliação do impacto ambiental mostrou potencial de substituição da areia pelo basalto, reduzindo assim o custo do material. Assim, as placas prensadas com substituição total de areia por basalto apresentaram os melhores resultados em relação às placas moldadas e um potencial interessante para serem aplicadas na indústria da construção civil.

ABSTRACT

 

In the last years, industries have been demanded for a better disposal of their byproducts. Civil construction in Brazil has been constantly growing up in a such way that the development of new resources and the use of new materials are necessary. Thus, to reduce the environmental impacts and the cost reduction, the use of byproducts into civil construction achieve an important role. Based on that, this work presents the experimental results of the development of a cementitious material-based plates for the construction system of panel slab by means of powder technology in order to reduce the amount of concrete in the slab. For this, sand was partially (58.1 wt%, C3) and totally (C1) changed by basalt powder, a byproduct of the basaltic rock beneficiation process. Cementitious plates were obtained by uniaxial pressing at different compaction pressures. Molded plates (M) using sand and cement were obtained as reference. Bending strength at 28 days showed to be 2.50 ±0.10 MPa, higher than molded plates (1.94 ±0.11 MPa). It was concluded that the pressing and the sand substitution by basalt reduced the linear expansion from 0.059 ±0.003% (M) to 0.042 ±0.007% (C3) reducing the risk of cracking. The evaluation of the environmental impact showed the potential of replacing sand by basalt, thus reducing the cost of the material. So, pressed plates with total substitution of sand by basalt presented the better results related to the molded plates and an interesting potential to be applied in civil construction industry.

 

 

Biografia do Autor

Kamila Rodrigues da Silva, UNESC

Eng. Civil – Mestre em Ciências e Engenharia de Materiais. Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais – PPGGEM. Laboratório de Cerâmica Técnica – CerTec. Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. https://orcid.org/0000-0002-7934-7837  E-mail: engenheirakamila@gmail.com

Franciele Burato Teixeira de Jesus, UNESC

Eng. Civil – Mestre em Ciências e Engenharia de Materiais. Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais – PPGGEM. Laboratório de Cerâmica Técnica – CerTec. Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. https://orcid.org/0000-0001-7164-1938   E-mail: franburato@gmail.com

Jordana Mariot Inocente, UNESC

Eng. Cerâmica – Mestre em Ciências e Engenharia de Materiais. Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais – PPGGEM. Laboratório de Cerâmica Técnica – CerTec. Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. https://orcid.org/0000-0002-9164-2660  E-mail: jordanainocente@gmail.com

Sabrina Arcaro, UNESC

Tecnologia em Cerâmica – Mestre em Ciências e Engenharia de Materiais. Doutora em Ciências e Engenharia de Materiais – Pós-Doutorado Programa de Pós- Graduação em Engenharia de Minas, Materiais e Metalúrgica. Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais – PPGGEM. Laboratório de Cerâmica Técnica – CerTec. Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. https://orcid.org/000-0002-5724-4669 E-mail: sarcaro@unesc.net

Fabiano Raupp-Pereira, UNESC

Graduação em Tecnologia em Cerâmica – Mestre em Ciências e Engenharia de Materiais – Doutorado em Ciências e Engenharia de Materiais. Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais – PPGGEM. Laboratório de Cerâmica Técnica – CerTec. Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC.

https://orcid.org/000-0002-5724-4669  E-mail: fraupp.pereira@gmail.com

Oscar Rubem Klegues Montedo, UNESC

Graduação em Química Industrial e Engenharia Química – Mestre em Engenharia Química – Doutorado em Ciências e Engenharia de Materiais – Pós-Doutorado Friedrich-Alexander-Universitat-Erlangen-Nurnberg (Alemanha, 2010) e na Universidade Federal de Santa Catarina (2016). Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais – PPGGEM. Laboratório de Cerâmica Técnica – CerTec. Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. https://orcid.org/0000-0002-3350-6732  E-mail: oscar.rkm@gmail.com

Downloads

Publicado

2023-09-22

Como Citar

Silva, K. R. da, Jesus, F. B. T. de, Inocente, J. M., Arcaro, S., Raupp-Pereira, F., & Montedo, O. R. K. (2023). PLACAS DE CIMENTO PRENSADO CONTENDO BASALTO PARA SISTEMAS CONSTRUTIVOS: CARACTERIZAÇÃO TECNOLÓGICA E TOXICOLÓGICA: BASALT-CONTAINING PRESSED CEMENT PLATES FOR CONSTRUCTION SYSTEMS: TECHNOLOGICAL AND TOXICOLOGICAL CHARACTERIZATION. Revista UNICREA - Revista Técnico Científica Da Universidade Corporativa Do CREA/SC, 1(2), 223–251. Recuperado de https://revistaunicrea.crea-sc.org.br/index.php/revistaunicrea/article/view/33

Edição

Seção

Artigos